-
Dr.Crescêncio Guilherme da S. Carvalho - Cirurgia Plástica
foto cirurgia plástica 01 foto cirurgia plástica 02 foto cirurgia plástica 03 foto cirurgia plástica 04

Cirurgia Estética

O corpo humano, a beleza de nossa estrutura e a harmonia das formas são obras-primas da Natureza. A mesma que nos faz passar por grandes transformações ao longo de nossa existência, desde o nascimento, obesidade, maternidade, até o envelhecimento. Este ciclo natural, aliado também a fatores externos, altera nossa aparência corporal e facial.

Combater os efeitos do tempo continua um dos grandes desafios, bem como correções para quem tenta vencer a obesidade e para quem busca recuperar a forma do corpo perdida com a maternidade e a amamentação.Nestes três importantes quesitos, a cirurgia plástica conquistou importantes resultados, tendo, é claro, a mãe natureza como fonte principal de inspiração para o cirurgião plástico.

Hoje, o grande objetivo da cirurgia plástica é manter a melhor aparência possível do paciente, recuperar sua autoestima através dos resultados, inseri-lo na sociedade, oferecer e alcançar sempre o rejuvenescimento de acordo com a idade e possibilidades, dentro dos padrões da ética e do bom senso.

Face

São as nossas expressões faciais que falam por nós e que fazem toda a diferença na primeira impressão. Com o passar dos anos, a pele do rosto e de todo o corpo vai perdendo sua elasticidade e firmeza, tendo como consequência a queda dos volumes das maçãs do rosto, bochechas e pescoço, causando rugas, sulcos, flacidez e passando uma imagem de cansaço.

Para readquirir um formato jovem ao rosto, faz-se necessária a elevação destes volumes da face, fazendo com que a pele se transforme novamente em uma vestimenta justa, buscando a recuperação das expressões naturais do rosto.

Pálpebras

É ao redor dos olhos que começam a surgir os primeiros sinais do tempo: as ruguinhas que causam a sensação de “olhos caídos”. A pele em excesso e as bolsas que se formam nas pálpebras também podem atrapalhar a visão, além de conferir um aspecto de tristeza e cansaço.

A Blefaroplastia (gr. Blepharon «pálpebra» + plassein «modelar» + ia) corrige estas alterações ao retirar o excesso de pele. O resultado deve ser natural e harmônico: pálpebras mais planas e lisas, sem cicatriz aparente e sem modificação da expressão, restabelecendo o aspecto facial suave e descansado.

Nariz

O nariz é fundamental para a harmonia facial. A correção de suas proporções é uma busca constante, tanto na parte estética quanto na correção da função respiratória, para pacientes que sentem dificuldades em respirar.

Na Rinoplastia (gr. Rhinos «nariz» e Plastikos «dar forma») o resultado deve ser natural e sem exageros, deixando o paciente com a face harmônica, corrigindo deformidades e excessos, com melhora nas condições respiratórias.

Orelha

A orelha é uma das partes do corpo humano que, quando possui a parte interna muito grande, ausência da dobra superior ou um ângulo muito aberto entre a cabeça e a orelha pode-se realizar a cirurgia plástica. A correção destas alterações é muito simples, visando diminuir a distância entre a face posterior da orelha e o couro cabeludo.

Os resultados da Otoplastia (De oto- + Do grego plássein «formar»+-ia) são harmônicos e devolvem o aspecto natural, sem deixar marcas da cirurgia e deixando o paciente livre do desconforto.

Rosto Envelhecido

Os sinais de envelhecimento são inevitáveis. A pele sofre alterações pelo tempo, gravidade e alteração químico-orgâncias, e é aí que começam a aparecer os sinais da perda de elasticidade, como o surgimento de rugas, papadas, flacidez, sulcos e, consequentemente, a perda de definição dos contornos faciais.

Na testa, a sobra de pele produz rugas transversais e queda dos supercílios. Nos olhos, o detalhe mais importe está nas sobras de pele das pálpebras. As maçãs do rosto descem com o tempo e precisam ser elevadas novamente, criando o novo volume de rosto jovem. A linha da mandíbula que vai do queixo até o lóbulo da orelha se apaga, sendo necessário desenhá-la novamente. A queda da pele do rosto para o pescoço faz perder as linhas originais e ocorre o acúmulo de gordura. Os sulcos se acentuam no rosto com o passar do tempo e devem ser tratados.

A reestruturação facial através da cirurgia plástica é simples, realizada a partir de preenchimentos, retirada do excesso de pele e correções que redesenham a face, buscando não haver mudanças na fisionomia e distorções.

Perfiloplastia

A harmonia entre nariz e queixo pode recuperar a autoestima de quem se sente constrangido por alguma imperfeição da face. Rostos que apresentam nariz e queixo pronunciados ou retraídos podem conquistar um melhor equilíbrio da face a partir da Perfiloplastia, uma modalidade que promove grandes resultados com intervenções relativamente simples. Aspectos como o tamanho do nariz em relação à testa, projeção da ponta do nariz, lábios e queixos são avaliados, sem desrespeitar as características étnicas e o biotipo do paciente.

O resultado é a melhora do equilíbrio nasal, com as características da face preservadas, formando um conjunto proporcional.

Mama - Mulheres Jovens

É na adolescência que ocorrem as primeiras insatisfações, período em que o corpo ainda está em fase de desenvolvimento. Portanto, é natural que existam problemas estéticos na mama, como o tamanho ou o aparecimento de estrias.

Mas a cirurgia plástica em adolescentes precisa ser avaliada cuidadosamente, visto que, nessa idade, é natural a jovem supervalorizar o “problema” que, muitas vezes pode ser mínimo ou até mesmo inexistente.

Em muitos casos a cirurgia deve ser contraindicada. Porém, se houver uma boa indicação, devemos fazê-la prontamente.

Mama - Pós-gravidez

A gestação é um dos mais importantes períodos na vida da mulher. É durante ela que ocorrem muitas alterações no corpo da mãe como aumento progressivo do útero que acaba por expandir a pele do abdome, o surgimento de estrias, aumento das mamas, sobrepeso, entre outros.

Após este período, toda mulher quer recuperar o corpo que tinha antes da gestação. Nessa hora, uma alternativa é a cirurgia plástica, que vem para propiciar uma harmonia estética e não deve ser tratada como um recurso de emagrecimento. É indicada preferencialmente para mulheres que já estejam decididas a não ter mais filhos.

Técnicas Comuns para tratar a queda (ptose) das mamas:

Após gravidez ou emagrecimento é mais comum que as mamas sejam tratadas por técnicas simples, objetivando recuperar a forma, posição e rigidez.

Dependendo do tamanho das mamas, podemos utilizar ou não o auxílio de uma prótese: quando a mama apresenta grande queda ou volume excessivo, tratamos com redução da parte mais baixa ou com uma prótese alta para dar “colo” e para ganhar firmeza. Quando há pouca queda e volume reduzido de mamas, tratamos com uma remoção de pele com cicatrizes reduzidas ou prótese para dar “colo” e firmeza.

Mama - Amamentação

As cirurgias mais frequentes pós-gravidez são as de correção da mama por flacidez ou “queda”, ou ainda para aumento de volume dos seios. Também a abdominoplastia, para retirar o excesso de gordura e flacidez da pele, a lipoaspiração e o tratamento de estrias.

Vale esclarecer que estas só podem ser realizadas após o término da amamentação ou quando já houver regressão de quase todas estas alterações anatômicas.

Obesidade

A obesidade é algo que precisa ser tratado. Uma vez resolvida essa questão, a cirurgia plástica faz o seu papel, buscando retomar a forma desejada através do remodelamento corporal.

Contornos do corpo

Um corpo bonito e escultural. Esse é o sonho de muitas pessoas que querem mais que uma vida saudável. Geralmente, quem passa por grandes emagrecimentos, alternância de períodos de ganho e perda de peso, ou mesmo por idade, costuma apresentar sinais de flacidez em algumas partes do corpo. As cirurgias de contorno corporal permitem uma remodelagem da silhueta.

Na Lipoplastia, técnica de correção do contorno corporal, a gordura retirada de determinadas regiões do corpo pode ser colocada em outras partes que necessitem de preenchimento.

Já a Lipoaspiração é um método para retirar acúmulos de gordura localizada que não saem com dieta ou com exercícios, mas não é indicada para a perda de peso.

Braços

A flacidez dos braços incomoda muito, especialmente às mulheres, tanto para vestir uma roupa sem manga, quanto em ocasiões de movimentação do braço. Afinal, com o passar dos anos, a tendência maior nas mulheres é de acumular gordura nessa região, ou mesmo ganhar flacidez.

Na Braquioplastia ou Lifting Braquial é realizada a retirada dessa gordura mais pele excedente, tendo como resultados uma aparência mais firme e jovial.

Neste caso é feita uma incisão na pele de localização bem pouco aparente.

Coxas

Motivo de insatisfação entre as mulheres, a face interna da coxa costuma incomodar pelo maior volume de gordura – causando atrito ao caminhar ou por aumento de flacidez no local.

O Lifting Crural permite a retirada da pele e gordura excedentes nesta região. Este procedimento devolve à área o contorno desejado e uma aparência rejuvenescida. A cicatriz ficará ao longo da prega inguinal.

Glúteos

A região dos glúteos é uma das áreas anatômicas mais valorizadas. Por questões genéticas ou por perda de peso, idade, entre outros fatores, esta região pode tornar-se flácida.

Com a Gluteoplastia é possível realizar o aumento, redução de volume ou mesmo o remodelamento da região através de implantes de glúteos de silicone, enxerto de gordura, lipoaspiração ou ressecção de pele e gordura em excesso.

Os resultados são glúteos bem-modelados e harmoniosos com a estrutura corporal do paciente.

A incisão mais comumente usada, quando necessária, fica ao longo da prega inferior dos glúteos.